florestas

Floresta dos plátanos, choupos, freixos, faias, salgueiros, olmos, oliveiras, castanheiros, carvalhos, sobreiros, azinheiras, pinheiros bravos e mansos....
Um blog para seres da floresta, do deserto, dos grandes mares, das planícies, das montanhas, dos rios, das rias, das cidades... não acessível a tias!

segunda-feira, maio 22, 2006

Arco-Iris


Quisera Adormecer

Quisera adormecer
como a criança acorda,
à beira de outro tempo, que é o nosso.

Só quero o que não posso.

Jorge de Sena

3 comentários:

f... disse...

"Talvez o nosso mal seja acordar"
(M.G.)

porque:

"sonhei (...)
e neste sonho de irreais,
eu queria que o meu sonho não parasse,
queria ir dormindo, sem acordar mais,
ou que este sonho não me abandonasse"

Zabel Moita

f... disse...

"Quem me roubou o tempo que era um
Quem me roubou o tempo que era meu
O tempo todo inteiro que sorria
Onde o meu eu foi mais limpo e verdadeiro
E onde por si mesmo se escrevia"

SMB

sonia r. disse...

Todos nós só queremos o que não podemos. Uma pintura muito original mas bonita.

A maior desgraça que pode acontecer a um artista é começar pela literatura, em vez de começar pela vida.
Miguel Torga

procure outras florestas, outras árvores, não hesite...