florestas

Floresta dos plátanos, choupos, freixos, faias, salgueiros, olmos, oliveiras, castanheiros, carvalhos, sobreiros, azinheiras, pinheiros bravos e mansos....
Um blog para seres da floresta, do deserto, dos grandes mares, das planícies, das montanhas, dos rios, das rias, das cidades... não acessível a tias!

terça-feira, novembro 28, 2006

Rigor


Vamos ser rigorosos...! Parece que até agora não o éramos... Éramos uma espécie de diletantes, bem ou mal (segundo o ME) intencionados, uns gajos pouco cumpridores, razão pela qual a educação chegou onde chegou (isto é o ME a falar).
Temos de ser rigorosos, tanto como o ME. E devemos mesmo ser. Cumprir o nosso horário à risca, não deixar nem mais um minuto por conta da boa vontade. Não há mais boas vontades! Há o escrupuloso cumprimento do que nos é imposto. Se assim for, pode ser que alguns Conselhos Executivos façam chegar à tutela o péssimo ambiente que há nas escolas, o descontentamento que se apoderou de nós...com imenso rigor.
Sejamos rigorosos, portanto. O despacho 13599 assim obriga, o ECD vai mais longe... Temos uma carga lectiva, temos uma carga de escola, temos uma carga de reuniões, temos uma carga de casa..., temos um limite de faltas, temos imensos limites de progressão, só não temos um limite de trabalho, aí parece que tudo vale...
Mas não vale e não pode mesmo valer!
Se nos tratam como funcionários do papel, aqueles que cumprem o seu horário, seremos funcionários do papel, cumpridores de horários e... de tarefas... e nada mais!
Vamos cumprir, para não faltar.
Portanto, se temos no horário duas horas de reuniões, vamos cumprir. Não vamos é ficar 5 ou 6 horas em Pedagógico para que a escola funcione. Vamos cumprir! Vamos ser os profissionais cumpridores que até hoje não éramos.
Se temos projectos que nos tiram horas à família é porque os projectos estão a mais!
Se os alunos querem coisas diferentes, coisas que a escola sempre ofereceu (no tempo de casa dos professores), vamos exigir que se marquem no horário. Isto de trabalhar de borla tem de acabar.
Não há ou não deve haver relações na escola para além das estritamente marcadas nos horários. Sejamos profissionais! Muito profissionais! Se tivermos de prolongar as nossas horas de acompanhamento do que quer que seja, façamos informações de serviço aos Conselhos Executivos (para que tudo fique registado).
Qualquer coisa como "hoje, a miúda nº X, da turma Y, do ano N, chorou porque não teve a nota no teste que esperava e eu, professor profissional, fiquei no meu intervalo a falar com ela. Devem-me 20 minutos!!
Parece absurdo???
Absurdo é o tratamento que nos deram. O resto é só profissionalismo!
Pareço zangado???
Não pareço, estou mesmo!
E vou cumprir horários, e cumprir tarefas dentro do meu horário.
Quando a "hora" acabar, eu acabo...!!!
Pode ser que não me canse tanto como me cansava, que não invista tanto como investia e ainda assim consiga ser cumpridor... de horários.
Parece que até hoje não era!
Era só calão!
Este post é demasiado emocional?
Não!
Este é o post da racionalidade!
Emocional e enormemente profissional era o que fazia até agora!
Com o novo ECD, vou limitar-me a ver o que tenho de fazer para não ser mais castigado!
É que estou farto de ser castigado sem perceber porquê!

2 comentários:

Anónimo disse...

Eu estou 100% de acordo contigo! Mas não acredito que consigas apenas cumprir e deixar a Filó lavada em lágrimas porque lhe roubaram o boné ou apenas porque quer a tua atenção e te "atira" com um daqueles sorrisos de quem quer, e sabe que vai ter,atenção...Vais ter que pôr esse tempo no horário...

maria lisboa disse...

IL FAUT SAVOIR


Completamente de acordo com tudo.

O problema é:
Il faut savoir mais moi je ne sais pas...

Tenho que aprender!

PS: As reuniões têm a duração de 2 tempos. Para lá desse tempo, quem a preside deve perguntar se se pode/quer continuar a reunião. O que acontece é que a maioria não cumpre esse preceito e quando o cumpre a maioria acaba por dizer que é preferível continuá-la do que ter nova reunião na semana seguinte.

Para quem venha cá espreitar: as reuniões não fazem parte do horário, não pertencem a nenhuma das componentes, são feitas em horário pós-laboral e multiplicam-se por todas as áreas que temos. Algumas, como as do CP chegam a demorar 4/5 horas qd não se prolongam noutros dias. Por cada turma, temos pelo menos duas reuniões por período, depois há as das áreas não curriculares e de DT pelo menos duas vezes por período, as de departamento todos os meses, as de cada um dos clubes/projectos em que temos que estar envolvidos,etc ... resumindo, todas as semanas temos de duas a quatro horas de reuiniões em trabalho pós-laboral, em horas extraordinárias que não são pagas.

Mas professor não trabalha!!!
Ah! ... e falta muito! Pudera... se chegar 5 minutos atrasado já tem falta e 3 vezes que isso aconteça tem falta a 1 dia...
E que outro funcionário atende entre 20 a 30 clientes por cada 45 minutos?!

A quem de entre vós que trabalhe nestas condições permito que atire a 1ª pedra!!! Aos outros não admito nem sequer uma vírgula!

A maior desgraça que pode acontecer a um artista é começar pela literatura, em vez de começar pela vida.
Miguel Torga

procure outras florestas, outras árvores, não hesite...