florestas

Floresta dos plátanos, choupos, freixos, faias, salgueiros, olmos, oliveiras, castanheiros, carvalhos, sobreiros, azinheiras, pinheiros bravos e mansos....
Um blog para seres da floresta, do deserto, dos grandes mares, das planícies, das montanhas, dos rios, das rias, das cidades... não acessível a tias!

sábado, janeiro 27, 2007

Requisitos a prrencher pelos opositores ao Concurso de Melhor Professor Nacional

Requisitos a prrencher (cumulativamente) pelos opositores ao Concurso de Melhor Professor Nacional
a) Ser capaz de soletrar a expressão "Maria de Lurdes Rodrigues, Vossa Excelência", em pelo menos 34 línguas diferentes;

b) Ser especialista em vénias;

c) Nunca ter ousado pronunciar o nome de Sinistra em vão (de escada);

d) Ter feito um requerimento ao ME a pedir o prolongamento da idade da reforma até aos 77 anos, com uma redução de ordenado de 5% em cada ano subsequente aos 65.;

e) Ter realizado 95 % do total de substituições da escola, declarando no jornal escolar que o fez porque trabalha por gosto;

f) Ter sido coordenador de três departamentos diferentes, sempre com a aura de excelência visível em qualquer actividade;

g) Declarar já ser capaz de ser um "genérico", sem estar à espera que o diploma legal surta efeito, demonstrando um espírito de iniciativa muito para além do comum na indústria farmacêutica;

h) Leccionar 4 turmas de LPO, mais três de Inglês, 7 de Matemática (...), colaborar com a professora de apoios em actividades por si delineadas, substituir a psicóloga escolar nas suas faltas e impedimentos, acompanhar os encarregados de educação quando estes acompanham os filhos à escola;

i) Ser portador de um espírito de missão reconhecido e atestado por um número mínimo de 112 docentes, 11245 discentes e 1124765 displicentes;

j) Ser o director do jornal escolar, o webmaster da página escolar, o coordenador dos directores de turma; o Presidente do Executivo, do Pedagógico, da Área de Projecto, do Estudo Acompanhado, da Comissão de Acompanhamento das Actividades Gratuitas de Substituição;

l) Ter uma pós-graduação em salamaleques genéricos, um mestrado genérico em agachamento prolongado, um doutoramento mais genérico em "louvar a sinhoura";

m) Ter publicado pelos menos dois artigos em jornais nacionais, defendendo a instituição do prémio e criticando os que, malevolamente, tem vindo a afirmar que com o dinheiro roubado em ordenados se poderiam instituir 232589 prémios daquele montante;

n) Ter apresentado publicamente uma proposta inovadora de reconversão das carreiras: a do professor, a do professor titular e a do professor titular plus, com critérios de progressão baseados na excelência e no número de vezes que cada professor é capar de dizer "Vossa Excelência" por minuto;

o) Ser um arauto do Portugal Moderno e da Escola Pública de Qualidade, do rigor, da excelência, do trabalho que liberta, da valorização em horário pós-laboral, da exigência e ser capaz de demonstrar que as medidas para os professores são boas, eles é que têm uma limitada capacidade de entendimento...

p) Ser capaz de escrever um texto com alíneas até ao "p".

______________________________________

Nota: Eu tenho um dos requisitos..., só não digo qual é!

4 comentários:

Maria Lisboa disse...

Sniff... Sniff...Sniff...
Não cumpro nenhum dos requisitos... nem mesmo o que tu tens!!!!

Já imaginaste o grande festival da entrega do "lurditas de ouro"?
Imagina-o assim como a entrega dos globos de ouro da sic... Com umas canções pelo meio... uns palhaços... uns meninos a dizer como o prof é bom...

Acho que eras pessoa para nos deliciar com um bom sketch sobre essa entrega

STELA disse...

Proponho que o dia da entrega do prémio seja FERIADO NACIONAL. De manhã o astear da bandeira, a recepção ao(à) PREMIADO(A)... muitos convidados(???)e muitas flores, belos e caríssimos arranjos de flores pagos por todos nós. Segue-se a entrega do ENORME CHEQUE com os 25000 e assinatura do emissor bem destacados... discursos... aplausos... sorrisos e quiça umas lágrimazitas... se for "menina" não se esqueçam, por favor, de uma grinalda!!!

Raposa Velha disse...

He lá, grande lista :-)

Uma (outra) gracinha sobre o tema:
Sobre
o concurso para professor titular

:-)

Amélia disse...

Excelente!

A maior desgraça que pode acontecer a um artista é começar pela literatura, em vez de começar pela vida.
Miguel Torga

procure outras florestas, outras árvores, não hesite...